FutureStarr

Guerra 100 Anos Resumo OR

Guerra 100 Anos Resumo OR

Guerra 100 Anos Resumo

via GIPHY

Guerra 100 anos resumido é um documentário sobre a história da guerra no contexto brasileira, trata toda a sensação de nacionalismo forte do Brasil do final do Imperador D. João VI para a queda da monarquia e a implantação da República com detalhes sobre cada etapa da história da Guerra da Sec.

Toda

via GIPHY

Durante a Idade Média, as relações entre os dois países deteriorou-se por conta das reivindicações sobre o trono francês, culminando na extensa Guerra dos Cem Anos, que perdurou de 1337 a 1453, finalizando-se com a vitória francesa. Posteriormente, nos séculos seguintes, as duas nações voltaram a polarizar em questões diplomáticas internacionais, como o apoio francês à Independência dos Estados Unidos, e o bem-sucedido combate britânico ao Império Napoleônico. Reino Unido e França voltariam a cooperar somente no século XX através da formação da Entente Cordiale e de alianças durante as Guerras Mundiais, esta última quando ambas as nações combateram contra a Alemanha. Ambos os países se opuseram à política da União Soviética ao longo de toda a Guerra Fria, cooperando comumente com os interesses dos Estados Unidos. Atualmente, porém, estas relações são fortificadas pela cooperação entre ambos os países e pelo interesse mútuo em questões como desarmamento nuclear e combate ao terrorismo.

Enquanto franceses e ingleses permaneceram contrapostos durante toda a Idade Média, ambos os povos sempre partilharam de uma cultura comum com poucas divergências fundamentais na identidade. O sentimento nacionalista decresceu grandemente durante as rivalidades entre os senhores feudais de ambos os países, afetando o caráter beligerante de ambas as nações. A última tentativa de unificar os dois povos sob uma mesma bandeira foi provavelmente uma rebelião para depor Eduardo II de Inglaterra. A Era Medieval testemunhou também o nascer de uma aliança entre franceses e escoceses, denominada Auld Alliance (ou "A Velha Aliança") e firmada pelos reis João da Escócia e Felipe IV de França. (Source: pt.wikipedia.org)

Francófona

via GIPHY

Durante o reinado da dinastia Plantageneta, sediada em seu Império Angevino, metade da França caiu sob controle dos angevinos, assim como toda a Inglaterra. Contudo, quase todas conquistas dos angevinos foram perdidas para Filipe II de França durante o reinado de Ricardo I, João e Henrique III de Inglaterra. Tal fato concedeu aos ingleses uma identidade única anglo-saxônica sob uma coroa francófona (ainda que não francesa de fato).

A partir da década de 1650, o Novo Mundo tornou-se um campo de batalhas entre as duas potências. O governo de Oliver Cromwell estabeleceu uma crescente presença britânica na América do Norte, tendo início em 1652 com a aquisição da Jamaica (antes pertencente ao Império Espanhol). Jamestown, a primeira colônia inglesa em terras americanas, foi fundada em 1607. Nos idos de 1730, a toda a região já se encontrava estruturada em treze colônias distintas. (Source: pt.wikipedia.org)

Related Articles